Brewers Association revê definição de "cervejaria artesanal" | Guia da Cerveja
Últimos destaques Novo

Brewers Association revê definição de “cervejaria artesanal”

craft beer definição cervejaria artesanal
Nova definição de cervejaria artesanal da BA é menos glamourosa do que a anterior, mas mais adaptada ao mercado

O que é cervejaria artesanal? A dúvida é comum e, em diversos lugares do mundo, pode-se encontrar definições diferentes e até grandes celeumas em torno dessa definição. Nos Estados Unidos, a entidade que representa a maior parte das pequenas cervejarias, a Brewers Association (BA), reviu em dezembro o conceito de “cervejaria artesanal”.

Desde a primeira definição em 2006 e sem periodicidade definida, o conselho de diretores da associação sem fins lucrativos se debruça sobre o tema para garantir que o conceito acompanhe a evolução do mercado e reflita o que acontece na comunidade cervejeira. O processo de revisão começou no meio do ano de 2018 com uma pesquisa para entender as mudanças nos produtos e nas propostas dos cervejeiros dos EUA.

O termo atualizado deixou de lado um dos pilares da definição vigente até então. Na avaliação da BA, os cervejeiros de hoje, na busca por lucro, tentam manter sua produção na capacidade máxima, se preocupam com diversas questões mercadológicas e criam produtos que não se encaixam na definição tradicional de cerveja. Assim, a nova definição diz que “um cervejeiro artesanal americano é um ‘cervejeiro independente e pequeno’”.

Por pequeno, entende-se produtor de menos de 6 milhões de barris (714 milhões de litros) por ano. Por independente, compreende-se que a empresa tenha no máximo 25% de participação acionária de empresas que não sejam também artesanais. E por “cervejaria” entende-se a empresa que tenha licença do Alcohol and Tobaco Tax and Trade Bureal (algo como departamento de comércio e taxação de álcool e tabaco) e, de fato, produza cerveja.

“O mais importante é que essa definição dá à BA a possibilidade de manter estatísticas sobre o crescimento do segmento craft, que comporta a maioria das cervejarias americanas”, afirma Julia Herz, diretora da entidade. “Estatísticas servem como importante ferramenta de planejamento de negócios para cervejeiros e são muito valorizadas pelos outros players do mercado”.

Para ela, a nova definição reflete um momento próspero do mercado. “As cervejarias artesanais estão prosperando, mesmo contra todas as dificuldades, inovando e revirando estilos do Velho Mundo nos EUA, fazendo com que nos tornemos o maior e mais diversificado destino cervejeiro no mundo”, complementa ela.


0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password