Entrevista: Melhor cervejaria do país, Cathedral quer crescer com cautela
Últimos destaques Novo

Entrevista: Melhor cervejaria do país, Cathedral quer crescer com cautela

cathedral melhor cervejaria do brasil
Sócio da Cathedral, bicampeã no Concurso Nacional de Cervejas, fala com exclusividade sobre os planos da marca paranaense

Um nome já está se tornando recorrente no Concurso Nacional de Cervejas. Pelo segundo ano consecutivo, a paranaense Cathedral conseguiu o feito máximo da disputa. Se na edição de 2018 da premiação, que acontece em paralelo ao Festival Brasileiro da Cerveja, em Blumenau, ela foi eleita como a melhor do país, na edição de 2019 se consagrou como a melhor de médio porte, depois do concurso criar algumas subdivisões.

O primeiro prêmio trouxe muitas mudanças: a cervejaria, que antes tinha apenas sua fábrica em Maringá, abriu dois pontos de venda e ampliou a distribuição na região. E, agora, com a segunda conquista, os planos são de uma expansão mais ambiciosa, mas com bastante cautela.

“Com o segundo prêmio, o intangível se fortalece ainda mais e, consequentemente, o acesso a oportunidades aumenta. É possível que a estratégia de posicionamento da marca tome proporções mais abrangentes. Mas só o tempo dirá”, conta Daniel Chaves da Silveira , sócio-proprietário da cervejaria.

Em entrevista exclusiva ao Guia, Daniel fala também sobre o foco regional da cervejaria e os diferenciais que levaram a Cathedral aos dois prêmios nacionais consecutivos.

Confira, a seguir, a entrevista completa com Daniel Chaves da Silveira, sócio-proprietário da Cathedral, feita por Ulisses Malacrida, do canal Malte Papo.

O que mudou com o primeiro prêmio da Cathedral, em 2018?
O prêmio de 2018 veio para recompensar nosso estudo e empenho no que diz respeito à gestão de uma cervejaria local. Temos uma capacidade instalada para produzir até 14 mil litros/mês, quantidade mais do que suficiente, na época, para abastecer a demanda do nosso brewpub e dos negócios locais em Maringá. A meta era: vamos abastecer nossas 16 torneiras somente com cervejas de produção própria e todas, necessariamente, precisam ser excelentes.

Trabalhar com diferentes cepas de leveduras produzindo variados estilos de cerveja (já produzimos mais de 80 cervejas diferentes), que não conversam entre si, é um grande desafio para uma pequena adega. E fica ainda maior quando as cervejas mais demandadas não podem acabar. A metodologia que criamos, aliada a muito estudo e prática, possibilitou que conseguíssemos cumprir essa tarefa. Assim, o prêmio confirmou o que buscávamos: fabricar, sempre que possível, cervejas excelentes.

Para nossos clientes, moradores da cidade e visitantes, transmitimos a mensagem de que em Maringá se fabrica cerveja muito boa e, obviamente, convertemos a mensagem em mais investimento. Em junho de 2018 inauguramos um bar com tema esportivo, o Cathedral Sports Bar. Agora mesmo, na semana do concurso, inauguramos uma hamburgueria, o Cathedral Burger Bar, ambos em Maringá.

O que vocês esperam que mude agora com este segundo prêmio consecutivo?
Nosso foco até então, principalmente pelo porte da fábrica, sempre foi voltado ao mercado local, e essa postura se mantém. Maringá é nossa base e sempre iremos priorizar nossa região. Após o primeiro prêmio sentimos um aumento gigantesco da afinidade e orgulho do maringaense em relação à marca. Com o segundo prêmio, o intangível se fortalece ainda mais e, consequentemente, o acesso a oportunidades aumenta. É possível que a estratégia de posicionamento da marca tome proporções mais abrangentes. Mas só o tempo dirá.

Era meta da Cathedral levar o título de melhor cervejaria do Brasil dois anos seguidos?
Sim. Sabíamos que éramos capazes e que tínhamos todas as ferramentas necessárias em mãos. Entramos pra ganhar.

E, agora, quais são as próximas metas da cervejaria?
Estamos trabalhando as oportunidades existentes para o aumento da nossa produção sem que a qualidade do produto fuja do controle. As cadeias de distribuição e logística ainda são muito imaturas no mercado das cervejarias independentes. Não queremos pasteurizar nossas cervejas e isso dificulta ainda mais as coisas. Começamos conversas com conhecidos de longa data do mercado cervejeiro e em breve teremos algumas novidades. Queremos proximidade com pessoas sérias e comprometidas com o mercado, e isso demanda confiança e tempo.

Quem quiser conhecer a melhor cervejaria do Brasil, onde é possível encontrar seus produtos?
Maringá! A cada dia que passa surgem mais voos diretos para cá. Tem bastante promoção aérea rolando, então o jeito é ficar de olho.


Veja também entrevista do canal Malte Papo gravada com Chaves após o Concurso Brasileiro de cervejas de 2018 aqui.


0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password