Festival Brasileiro: Diversidade em torno da cerveja | Guia da Cerveja
Últimos destaques Novo

Festival Brasileiro: Diversidade em torno da cerveja

Blumenau Festival Brasileiro da Cerveja 2019
Festival, que terminou nesse sábado, atraiu grande diversidade de fãs de cerveja a Blumenau

Por Ulisses Malacrida, do canal Malte Papo

Capital brasileira da cerveja, Blumenau recebeu o Festival Brasileiro da Cerveja, com início na quarta-feira e encerramento neste sábado. O evento contou com mais de 100 cervejarias expositoras, de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Pernambuco.

Elas apresentaram uma variada gama de estilos de cerveja, desde a ácida e frutada Catharina Sour a opções experimentais, como as com pimenta. Mas a diversidade não fica só a cargo das cervejas. O público estimado foi de 35 mil pessoas durante todo o evento, e nesse universo de gente foi possível encontrar histórias e gostos dos mais variados.

O casal blumenauense Fabio e Mayra, por exemplo, adora o festival. Os dois vestem seus trajes típicos alemães para curtir a festa, beber cervejas do estilo Viena e aproveitar a boa gastronomia. São parte do público que adora a cerveja local, assim como a Juliane, de Jaraguá do Sul, cujo estilo favorito é a Stout – e recomenda ao repórter uma ótima opção de uma marca de Pomerode.

A diversidade abriga também quem venha a trabalho. É o caso do Alberto Nascimento, sommelier da Cervejaria Colombina, de Goiânia. Seu objetivo é ampliar o networking, buscar parcerias e conhecer fornecedores e novas tecnologias que possam agregar ao seu negócio. “O festival é um resumo do mercado nacional de cervejas”, avalia ele.

Já o Sérgio, do Rio de Janeiro, adora vir ao festival para se divertir, encontrar pessoas com quem só interage por redes sociais e conhecer as tendências do mercado quando se fala em estilos. Assim como ele, Nadhine França,da Confraria Maria Bonita, vem do Recife para rever amigos, degustar novidades e curtir a cidade.

Chiara, Mariana e Analía

O festival também faz parte da história de amizade da Chiara, do Recife (PE), da Mariana, de Andradina (SP), e da Analía, de Porto Alegre (RS). Elas se encontraram primeiro virtualmente, nas redes sociais, por causa da paixão por cerveja. Mas foi em uma edição anterior do festival que se conheceram pessoalmente.

Embora existam outros eventos cervejeiros de peso e muito interessantes pelo Brasil, é no festival de Blumenau que elas preferem estar: ficam hospedadas juntas e recarregam a energia da amizade já consolidada.

É esta diversidade que compõe o Festival Brasileiro da Cerveja. Com as pessoas da região, os profissionais, os amantes de cerveja, os amigos. Gente que vem de perto e de longe. No entanto, quando questionados se continuariam indo caso o festival passasse a acontecer em outro lugar, a resposta é positiva – mas muitos preferem que ele continue em Blumenau, pelo carinho que desenvolveram pela cidade.


0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password