Não é só vodca: Dicas para tomar boa cerveja na Rússia | Guia da Cerveja
Últimos destaques Novo

Não é só vodca: Dicas para tomar boa cerveja na Rússia

São Petersburgo, berço da AF Brew, e outras cidades Russas têm ótimas opções de cervejarias e bares (Foto: Divulgação)

As paisagens na Rússia são um atrativo à parte durante a Copa do Mundo. Seja nas belas imagens mais conhecidas, como as da Praça Vermelha, em Moscou, e das pontes içadas nas noites brancas de São Petersburgo, ou mesmo nos lugares de uma beleza escondida e aconchegante, como na pequena Saransk, o país que serviu de berço à União Soviética é um local feito para visitar entre bons goles de cerveja.

E quem está aproveitando a Copa do Mundo para conhecer melhor a bebida local – ou mesmo quem se inspirou na competição para agendar uma viagem – terá bastante trabalho pela frente. Segundo Dimitrii Drobyshevskii, editor do site russo Profibeer, especializado no setor, quem estiver aberto à experimentação de cervejas russas vai se deparar com uma verdadeira montanha russa.

“Passar a noite tomando cerveja artesanal russa vai te levar de sensações de desapontamento profundas a deleite extremo em questão de minutos. Mas não tenha medo”, recomenda Drobyshevskii, elencando algumas das marcas mais interessantes do país: AF Brew, 8 Barrels Brew, Brewlok e New Riga’s.

Apesar de as melhores opções de bares e cervejarias se concentrarem em Moscou e São Petersburgo, há ótimas atrações em outras cidades sede da Copa da Rússia. Confira algumas dicas:

 

Sochi
A cervejaria Endemic fica nas montanhas próximas à Krasnaya Polyana e leva o concenito de “artesanal” ao extremo. Foi fundada por um jovem entusiasta que mora na cervejaria, colhe levedura selvagem – este é o ingrediente endêmico de seus rótulos – encontrado nas florestas da região para produzir seus seis estilos. A água usada vem de uma nascente local e não passa por preparação alguma. É possível fazer visitas turísticas à Endemic.
http://www.endemicbeer.ru/

Zhigulevskoe, a cerveja da URSS nasceu em Samara

Samara
A sugestão é provar a local Zhigulevskoe. Trata-se de uma lager comum, mas tem seu valor histórico: era a mais popular – praticamente sinônimo – cerveja da União Soviética. Embora diversas plantas tenham produzido o rótulo, é lá que fica a fábrica da “original”. Moradores locais frequentam as tradicionais casas Dne e Vacano, fundado pelo Austríaco Alfred von Vacano, criador da Zhigulevskoe no século 19.
https://web.facebook.com/zhigulevskoepivo/?_rdc=1&_rdr

Saransk
Capital da República da Mordóvia, uma divisão federal da Rússia, a cidade tem pouco mais de 300 mil habitantes e alguns bares com boa oferta de cerveja artesanal. Mas vale ficar atento nas pequenas vendas e mercados. Neles, é possível encontrar diversas torneiras “especiais”, onde as cervejas locais são vendidas em litro e em garrafas de plástico. Pode não ser a melhor bebida do mundo, mas o preço é convidativo – menos de R$ 7 o litro – e vale demais a experiência. Para acompanhar, há sempre uma oferta variada de peixe seco, uma das mais tradicionais iguarias russas.

Moscou
A capital da Rússia é a cidade com mais opções a serem visitadas. Moscou é conhecida por sua noite vibrante, e de 2014 para cá, os brewpubs e taphouses se espalharam rapidamente por diversas regiões.

  • Rule Taproom: tem 27 rótulos de cerveja, de belgas a inglesas, passando por uma boa variedade de russas.
    http://ruletaproom.ru/
  • Jawspot: bar especializado nos rótulos da cervejaria russa Jaws. Além de opções de cervejas tchecas e belgas.
    https://web.facebook.com/Jawsspot-Msk-1106360412795337/?_rdc=1&_rdr
  • Beermarket Moscow: próximo do que os americanos chamariam de “speakeasy” dos pubs moscovitas: ainda pouco frequentado por turistas, considerado barato, difícil de encontrar e fiel à raiz rock’n’roll.
    https://web.facebook.com/beermarketbar/?_rdc=1&_rdr
  • Craft Republic: 25 rótulos, sendo a maioria de artesanais russas, além de belgas, alemãs e italianas.
    https://craftrepublic.ru/
  • Iggy Pub: Localizado em uma pequena travessa da Nikitskaya, tradicional avenida que abriga o Teatro Mayakovsky, entre outras atrações, o bar traz boas opções de torneiras gringas – como a BrewDog – e russas. Além do agradável ambiente interno, possui banquetas na calçada, num descontraído clima de boteco brasileiro.
    https://www.facebook.com/iggypub/

São Petersburgo
A cena cervejeira é efervescente na segunda maior cidade russa. Ela foi berço da revolução das artesanais no país e guarda algumas das mais interessantes casas do ramo.

 


0 Comments

Leave a Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password