Double IPA da Debron, Witbier sustentável: As novidades cervejeiras da semana
Últimos destaques Novo

Double IPA da Debron, Witbier sustentável: As novidades cervejeiras da semana

double ipa
Restaurante BIO e cervejaria Blondine se uniram para lançar uma Witbier sustentável e uma IPA feita com cambuci

A semana cervejeira trouxe parcerias de qualidade para o consumidor. A premiada Debron, por exemplo, se uniu com o consagrado norte-americano Gordon Strong para produzir uma Double IPA, enquanto a Blondine e o restaurante BIO lançaram conjuntamente dois rótulos sustentáveis. Já a Wäls e a Azul se juntaram para oferecer a Läger em alguns voos internacionais. Confira, a seguir, as novidades da semana.

Double IPA referenciada
Premiada no World Beer Awards 2018, um dos mais importantes concursos cervejeiros do mundo, a Debron Bier acaba de lançar uma novidade mais do que especial: uma Double IPA feita em parceria com a ACerva-PE e o norte-americano Gordon Strong, referência mundial no setor e juiz do Beer Judge Certification Program (BJCP). “A receita foi desenvolvida em conjunto e incorpora verdadeiramente o estilo Double IPA norte-americano: uma versão mais potente da IPA, ou seja, amargor ainda mais acentuado, doses extras de lúpulo e teor alcoólico elevado”, conta Thomé Calmon, sócio da Debron Bier. A cerveja terá 8% de álcool e cor um pouco mais clara do que o usual.

Witbier sustentável
Restaurante localizado no Jardins, em São Paulo, o BIO ganhará novidades especiais: duas cervejas exclusivas produzidas pela Blondine. O chef do restaurante, Raul Godoy, esteve à frente de toda a produção e desenvolvimento dos sabores. A primeira delas é a Bagaço, uma Witbier preparada com cascas de laranja, limão e tangerina, aproveitando partes que seriam descartadas no restaurante. Já a Cambucipa é uma IPA produzida com cambuci, fruto nativo da Mata Atlântica e tradicional no estado de São Paulo. “A produção das cervejas é uma forma de levar os conceitos do BIO para além da nossa cozinha. Uma cerveja produzida com partes dos ingredientes que poderiam ir para o lixo e outra com um fruto quase extinto e cultivado por pequenos produtores faz parte da nossa história e forma de trabalhar”, explica Godoy. A Bagaço será vendida por R$16, enquanto a Campucipa sai por R$ 19.

Lata nos ares
Depois de lançar a sua Läger em lata, a Wäls traz mais uma novidade envolvendo o rótulo: irá disponibilizá-lo em viagens aéreas internacionais. A Wäls Läger em lata será servida gratuitamente para clientes Azul Business em voos com saída de Belo Horizonte, Campinas ou Recife com destino a Orlando, Fort Lauderdale (Miami) ou Lisboa. A ação ocorre no mês de novembro, em cinco partidas por dia. Para harmonizar com a cerveja, haverá um cardápio especial: um prato feito de carne de lata (carne de porco cozida e conservada na gordura), acompanhada de tutu de feijão e couve. “Queremos cada vez mais criar novas experiências para os consumidores. Seja na volta para casa ou no começo de uma viagem, as pessoas agora vão poder saborear a Wäls Läger, tornando ainda mais prazeroso o voo”, afirma Arnaldo Garcia, gerente de marketing da marca.

78 remodelada
Na terceira edição do Daoravida Music ‘N’ Food, realizado neste sábado, em Campinas, a Daoravida apresentou uma novidade ao público: a {78} Coffee Edition, uma edição especial de sua American IPA. A nova versão foi feita em parceria com a Zalaz, cervejaria premiada no Slow Brew. “Fizemos duas infusões de café orgânico na nossa cerveja premiada. Esperamos que todos apreciem muito”, comenta Michele Gimenez, sócia da cervejaria.


0 Comments

Leave a Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password