Alimentos puxam alta da inflação, mas cerveja fica mais barata
Últimos destaques Novo

Alimentos puxam alta da inflação em fevereiro, mas cerveja fica mais barata

inflação fevereiro
Enquanto inflação teve alta de 0,43%, preço da cerveja em domicílio registrou queda de 0,22%

Depois de ter iniciado 2019 em alta, o preço da cerveja recuou na maioria das capitais, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O movimento é contrário à tendência geral: a inflação de fevereiro foi de 0,43%, puxada principalmente pelos grupos de bens e serviços ligados à alimentação (responsável por 0,19 ponto percentual na alta) e educação (que contribuiu com 0,17 ponto percentual).

Se considerado o preço da cerveja em domicílio, a queda foi de 0,22%, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essa oscilação se descolou dos demais itens de alimentação e bebidas, que tiveram alta de 0,78%.

No entanto, os preços da cerveja consumida fora do domicílio acompanharam essa alta, registrando 0,74% de aumento. “Alimentação e bebidas, grupo com o maior impacto no IPCA de fevereiro (0,19 p.p.), mostrou desaceleração, ao passar de 0,90% em janeiro para 0,78% em fevereiro”, diz a nota do IBGE sobre a inflação de fevereiro.

Nos dois primeiros meses do ano, os preços da cerveja no domicílio se mostram estáveis(alta de 0,05%), enquanto fora do domicílio o movimento de alta é mais intenso, com aumento de 0,68%. Já no acumulado dos últimos 12 meses, a cerveja no domicílio se mantém em leve alta de 1,10%, enquanto a cerveja fora de casa registra aumento considerável: 5,30%.

Os preços de outras bebidas alcoólicas, por sua vez, tiveram variação inversa à do preço da cerveja. Enquanto no domicílio foi registrada alta de 0,73% em fevereiro (e 4,18% em 12 meses), os preços fora de casa recuaram 0,34% (com alta de 1,93% em 12 meses).


0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password