Nenê de Vila Matilde contará história da cerveja para 'voltar ao seu lugar'
Últimos destaques Novo

Nenê de Vila Matilde contará história da cerveja para ‘voltar ao seu devido lugar’

nenê da vila matilde
Única escola paulistana a desfilar na Marquês de Sapucaí, no Rio, Nenê aposta na cerveja para voltar ao Grupo Especial do Carnaval

Uma das mais tradicionais escolas de samba do carnaval paulistano, a Nenê de Vila Matilde decidiu levar a cerveja para a avenida. “O presente da Deusa e o brinde da Águia” será o enredo da agremiação no Sambódromo do Anhembi no próximo ano, quando buscará voltar ao Grupo Especial.

Nome marcante do carnaval de São Paulo, a Nenê de Vila Matilde possui uma das maiores comunidades negras entre as escolas de samba da cidade. E também foi a única agremiação paulistana a participar de um desfile, como convidada, na Marquês de Sapucaí, no Rio, em 1985, quando comemorou-se os 50 anos do carnaval carioca.

Além disso, com 70 anos de fundação completados em 2019, a Nenê de Vila Matilde é a segunda escola com mais títulos na divisão principal do carnaval paulistano – 11 -, ainda que o último tenha sido conquistado em 2001. No entanto, vai para o seu terceiro desfile consecutivo no Grupo de Acesso – em 2019, foi terceira colocada com um enredo que homenageava a Portela.

E será carregando todo o seu peso histórico e com o objetivo de voltar ao Grupo Especial que a Nenê de Vila Matilde relatará a história da cerveja no Sambódromo do Anhembi em 2020. Para isso, contará com o trabalho liderado pelo carnavalesco Zilkson Reis, conhecido por ter atuado no Festival de Parintins e pelo trabalho em outras escolas paulistanas, como a Gaviões da Fiel e a Mocidade Alegre, pela qual foi campeão do Grupo Especial em 2007.

“A cerveja tem tudo a ver com samba e alegria. É uma bebida que, acima de tudo, tem como sua marca registrada juntar pessoas que se gostam para celebrar, conversar, confraternizar. É o combustível do carnaval e das festas populares brasileiras. Além de fazer parte das rodas de samba, dos botecos, happy hours, futebol, enfim, diversos pontos que serão destacados no nosso desfile”, afirma Gledson Neix, diretor de comunicação da Nenê, ao Guia, explicando as razões que motivaram a escolha da cerveja como tema do carnaval de 2020 e dando dicas do que poderá ser visto no Anhembi.

O desfile
A partir da definição da cerveja como seu enredo, a Nenê montou uma sinopse que norteará o samba e a preparação do desfile nos próximos meses. Os temas serão divididos em quatro partes, sendo o primeiro a história da origem da cerveja na Antiguidade e o suposto “erro” na fabricação de pães que provocou o seu surgimento.

O segundo pretende destacar a popularização do consumo da cerveja a partir do Egito Antigo e a sua presença no Império Romano e na Idade Média. Além disso, lembrará a entrada da cerveja no Brasil com  a chegada de Maurício de Nassau em Pernambuco, o seu retorno ao país com a vinda da família real portuguesa e o surgimento das primeiras cervejarias locais.

No terceiro setor, a ideia é abordar os efeitos culturais da popularização da cerveja no Brasil e a sua transformação em um dos símbolos da identidade nacional. E, no último, a relação direta da cerveja com o samba.

Samba da cerveja
A partir dessa sinopse, que foi repassada para alguns grupos de compositores, a Nenê iniciou o processo de definição de qual será o seu samba-enredo no próximo carnaval, sendo que em 30 de junho todas as opções serão apresentadas em um evento.

Depois disso, sempre aos sábados, se iniciará a escolha do samba-enredo com a eliminação das composições até a definição daquele que será cantado no Anhembi em 2020. Essa final ocorrerá em 27 de julho, durante a realização do 2º Nenê Beer Fest. E a escolha vai ser realizada por uma comissão de julgadores que conta com membros da escola do bairro de Vila Matilde.

Será mais um passo para a Nenê na preparação de um carnaval que em 2020 terá muitas atrações. Afinal, o Grupo de Acesso também contará com a Vai-Vai, maior vencedora do Grupo Especial, com 15 títulos, e também a Camisa Verde e Branco, nove vezes campeã.

É com esse desafio de ter a concorrência de escolas que construíram ao seu lado alguns dos momentos mais marcantes do carnaval de São Paulo que a Nenê trabalhará, apoiada pela história da cerveja e buscando retomar o seu posto de destaque no desfile das escolas de samba.

“A maior meta é fazer a comunidade matildense feliz. De fazer um enredo alegre, pra cima e envolvente. Junto com um samba contagiante. Que façamos um carnaval lindo, regado a cerveja e que traga o melhor e tão esperado resultado na avenida, trazendo a nossa Águia Guerreira de volta ao nosso devido lugar”, conclui o diretor de comunicação da Nenê.


0 Comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password