Cerveja gay propõe diálogo sobre adequação a diversos públicos
Últimos destaques Novo

Cerveja gay propõe diálogo sobre adequação do mercado a diversos públicos

cerveja gay
Cerveja produzida especialmente para público gay vai reverter parte das vendas na parada gay a entidades sociais

Enquanto mulheres lutam por seu lugar na cena cervejeira reivindicando igualdade e buscando quebrar premissas como a de que existem cervejas “para mulheres“, supostamente mais fracas, doces ou coloridas, grupos gays dos Estados Unidos lançam mão de estratégia que vai na direção oposta: apresentando uma “cerveja gay”.

Chamada simplesmente de Gay Beer, a bebida é uma Golden Lager feita com lúpulos alemães pela Butternuts Beer and Ale, de Nova York, em parceria com a Loyal Brands, especializada em produtos voltados para o público gay.

A cerveja gay foi lançada no final de 2018 mas, agora, no mês do Orgulho Gay, ganha visibilidade por meio de seu filme de campanha. Ele retrata uma cena “corriqueira”, que poderia ser protagonizada por um casal heterossexual, mas encenada por um par homossexual.

Os fundadores da Loyal Brands, Jon Moore e Jason Pazmino, se intitulam “bebedores de cerveja da comunidade gay de Nova York”. Na página da bebida afirmam que a consomem há tempo suficiente para que alguma cervejaria já tivesse produzido algo que se adequasse ao perfil da tão diversa comunidade gay.

Cansados de esperar, eles decidiram fazer sua própria marca, com características que julgam apropriadas a esse público. A Golden Lager é fácil de tomar, tem gradação alcoólica de 5% e teor de glúten reduzido, segundo descrição da marca.

“Para nós, a Gay Beer honra a rica herança da comunidade LGBTQ+ enquanto também reconhece a diversidade e a integridade atuais dessa comunidade”, afirmam os fundadores em vídeo promocional. “O mercado de cerveja está ciente de que nós consumimos bastante cerveja, e não há produtos que contemplem nosso ponto de vista e nossa tradição.”

A proposta da cerveja gay, porém, não é a de ser só mais um produto nas prateleiras. Além do intuito declarado pelos fundadores de gerar conexões e diálogo, a marca planeja uma campanha de doação de um dólar a cada lata vendida na Parada Gay de Nova York, que acontece no final de junho, para fundos que apoiem a causa LGBTQ+.

Leia também


0 Comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password