Produção de bebidas alcoólicas encolhe pela 1ª vez em 2019
Últimos destaques Novo

Produção de bebidas alcoólicas encolhe pela 1ª vez e acompanha indústria nacional

Queda foi de 4,5% em junho. Porém, após cair 1,4% em 2018, fabricação de bebidas alcoólicas teve ampliação de 8,2% no primeiro semestre

Após cinco meses de crescimento em 2019, a produção de bebidas alcoólicas caiu pela primeira vez neste ano. A queda foi de 4,5% em junho, segundo os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Acompanhou, assim, o ritmo da produção industrial brasileira, que recuou 0,6% no sexto mês do ano.

Porém, após cair 1,4% em 2018, a fabricação de bebidas alcoólicas continua em alta neste ano, com uma ampliação de 8,2% no acumulado do primeiro semestre. Já o crescimento no período de 12 meses é de 3,1%.

Esse cenário de queda em junho, mas manutenção do crescimento em 2019 se repete na indústria de bebidas em geral. Assim, ainda que tenha caído 5,6% no mês que encerrou o primeiro semestre, os dados são positivos em 5,7% no somatório do ano e de 2% nos últimos 12 meses.

É também, assim, com a produção de bebidas não-alcoólicas. A queda foi de 6,7% na comparação com o mesmo período de 2018. Porém, há elevação de 3% nos seis primeiros meses de 2019 e de 0,8% no acumulado dos últimos 12 meses.

A manutenção de alguns cenários positivos no setor de bebidas não se repete na indústria nacional, que registrou queda de 0,6% no sexto mês de 2019, na comparação com maio. Também há encolhimento de 5,9% em relação a junho de 2019, de 1,6% em 2019 e de 0,8% nos últimos 12 meses.

Entre as 17 atividades que puxaram a produção industrial para baixo, na comparação com maio, estão produtos alimentícios (-2,1%), máquinas e equipamentos (-6,5%) e veículos automotores, reboques e carrocerias (-1,7%).

“São segmentos importantes que precisam de uma demanda doméstica mais fortalecida e que são diretamente afetados por um mercado de trabalho ainda longe de uma recuperação consistente”, explica André Macedo, gerente da pesquisa.




0 Comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password