Presidente do Grupo Petrópolis se entrega à Polícia Federal | Guia da Cerveja
Últimos destaques Novo

Presidente do Grupo Petrópolis se entrega à Polícia Federal

Walter Faria é investigado por ligação com a Odebrecht em esquema de lavagem de dinheiro para facilitar o pagamento de propinas

Alvo da 62ª fase da Operação Lava Jato, o presidente o Grupo Petrópolis, Walter Faria, se entregou à Polícia Federal em Curitiba nesta segunda-feira. Faria estava foragido desde o dia 31 de julho, quando sua prisão foi decretada junto com a de outros cinco executivos da empresa, suspeitos de envolvimento em operações financeiras ilegais no exterior.

Com base em delações da Odebrecht, o Ministério Público Federal do Paraná apura o suposto envolvimento de executivos da empresa detentora de marcas como Itaipava, Petra Ampolis na lavagem de dinheiro desviado pela construtora em contratos públicos da Petrobras.

Segundo as investigações, o presidente do grupo agia como intermediário na troca de dólares por reais, recebendo da Odebrecht por meio de contas de offshores e fazendo o repasse de valores em dinheiro vivo da ordem de R$ 329 milhões entre 2006 e 2014.

Leia também: Lava Jato pede prisão do presidente da Petrópolis; Grupo diz estar colaborando

Cerca de R$ 121 milhões teriam sido destinados ao pagamento de propinas travestidas de doações eleitorais feitas pela construtora. E outros R$ 208 milhões teriam sido repassados em espécie para a Odebrecht.

Em depoimento cedido à Polícia Federal na última sexta-feira, Vanuê Faria, sobrinho de Walter Faria, admitiu que a cervejaria gerou dinheiro em espécie “como um banco” para a Odebrecht, em troca de porcentagens dos pagamentos recebidos no exterior.

Em nota, o Grupo Petrópolis informou que “seus executivos já prestaram anteriormente todos os esclarecimentos sobre o assunto aos órgãos competentes”. A companhia destacou ainda que “sempre esteve e continua à disposição das autoridades para o esclarecimento dos fatos.”


0 Comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password