Cevada supera problemas climáticos e tem ano positivo, diz especialista
Últimos destaques Novo

Cevada supera problemas climáticos e tem ano positivo, aponta especialista

cevada
Para Euclydes Minella, pesquisador da Embrapa Trigo, perspectiva é de ano também positivo em 2020

Os produtores de cevada conseguiram superar um cenário de clima adverso para que 2019 terminasse sendo positivo para a sua safra. Essa é a avaliação de Euclydes Minella, pesquisador da Embrapa Trigo, apontando uma produtividade de cerca de 3.500 kg/ha, valor alcançado mesmo com as dificuldades encontradas na região Sul, onde se concentra a produção do cereal cervejeiro no Brasil.

Leia também – Nave leva cevada da AB InBev para teste no espaço

“A safra de cevada pode ser considerada positiva considerando-se o clima desfavorável, com seca prolongada no Paraná e excesso de chuvas na colheita no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. A produtividade nacional média deve ficar ao redor de 3.500 kg/ha, que pode ser considerada boa diante das adversidades climáticas”, afirma Minella ao Guia.

Publicidade

O pesquisador destaca, porém, que o excesso de chuva afetou a colheita no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, com uma parcela da safra não conseguindo atingir o padrão de qualidade exigido para ser utilizada pela indústria cervejeira. Com isso, parte da produção precisou ser descartada, provocando prejuízos aos produtores desses estados.

“Enquanto no PR, SP, MG e GO a qualidade da colheita foi boa, no RS e SC cerca da metade não atingiu o padrão cervejeiro, sendo destinada a outros usos, principalmente alimentação animal. Os motivos para descarte foram perdas de poder germinativo e contaminação por micotoxinas causada por Fusarium graminearum”, explica o especialista.

Nesse cenário, Minella aponta que a produtividade média da cevada no último ano foi, respectivamente, de 2.000, 3.000, 3500, 4.500 e 4.700 kg/ha em Santa Catarina, no Rio Grande do Sul, no Paraná, em São Paulo e conjuntamente em Goiás e Minas Gerais.

São dados que, em sua avaliação, indicam um cenário positivo para a produção do cereal cervejeiro no ano recém-iniciado. “Os resultados satisfatórios permitem prever que, para a safra de 2020, a área cultivada seja no mínimo igual a presente, com boas possibilidades de aumento”, conclui Minella.


0 Comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password