fbpx
breaking news New

Coronavírus: Cervejarias e pubs fecham e adiam eventos para evitar contágio

Em iniciativa inédita, 14 pubs de São Paulo anunciaram a suspensão das atividades por tempo indeterminado

A rotina na maior parte do país mudou por causa da pandemia de COVID -19, doença respiratória aguda causada pelo novo coronavírus. Como o potencial de transmissão da virose entre humanos é elevado, tudo o que está relacionado ao contato entre pessoas vem sendo modificado. Cenário que afetou bares, pubs, restaurantes e qualquer outro lugar que tenha o potencial de reunir pessoas.

Leia também – Entrevista: Coronavírus derruba faturamento do setor e Abracerva busca apoio federal

Entre a última segunda-feira e esta quinta, foram cancelados e adiados centenas de eventos por causa da pandemia de coronavírus. E dezenas de estabelecimentos anunciaram o fechamento temporário das portas, antes mesmo de determinações das autoridades públicas.

Foi o caso das edições de São Paulo e Porto Alegre do IPA Day, que estavam previstos para março e abril, respectivamente. “Por mais dura que seja a decisão, ela foi tomada para resguardar a saúde de todos: hopheads, voluntários e todo o staff dos eventos. Entendemos também que, desta forma, estamos contribuindo para diminuir a proliferação e o trânsito do vírus nestas cidades e no Brasil”, comunicou a organização do IPA Day em suas redes sociais.

Os eventos já possuem novas datas. O IPA Day São Paulo foi remarcado para 27 de junho no mesmo local, na cervejaria Tarantino. E, em Porto Alegre, a celebração continuará sendo na cervejaria Season, mas agora em 22 de agosto.

No Rio, por sua vez, a Wonderland Brewery cancelou a sua programação para comemorar o St.Patrick´s Day. “A Wonderland Brewery se preocupa com a saúde de todos e acredita que a suspensão dos eventos é o ato mais seguro a se fazer no momento para evitar aglomerações”, justificou a cervejaria.

Bares fechados
Na Grande São Paulo, região que concentra o maior número de casos do coronavírus no país, a franquia Mestre Cervejeiro cancelou a inauguração de sua nova loja em São Bernardo do Campo, que aconteceria nesta quinta. “A nova data para o evento será divulgada nas próximas semanas. A decisão se deve à segurança de nossos clientes e franqueados e ao cuidado da saúde de nossa população”, informou a empresa em comunicado.

A cervejaria Tarantino, na zona Norte de São Paulo, também determinou o fechamento do bar na sua fábrica e o cancelamento de seus eventos. “Estamos cientes da gravidade da situação e por aqui na nossa fábrica tomamos algumas medidas para evitar que ele se espalhe entre nossos funcionários e colaboradores. Sendo assim, cancelamos nossos eventos para evitar a formação de uma aglomeração de pessoas, ambiente em que a disseminação do vírus acontece com mais facilidade”, postou a cervejaria em seu perfil no Instagram.

Em uma iniciativa inédita, 14 pubs famosos de São Paulo e sua região metropolitana se uniram e anunciaram em conjunto a suspensão das atividades por tempo indeterminado. Foram eles: Rock Club (São Bernardo do Campo); The Lord Black Pub (Guarulhos); Duboiê (São Caetano do Sul); The Wall e Café Piu Piu (Bixiga); Willie Willie (Moema); Charles Edward, Dublin Live Music, KiaOra e Manifesto (Itaim Bibi); Morrison Rock Bar (Vila Madalena); Stones Music Bar (Vila Prudente); St. John’s Irish Pub (Tatuapé); e Old Kick Kustom Bar (Sorocaba).

Duras consequências
O fechamento das portas por tempo indeterminado trará impacto relevante para bares e restaurantes, que possuem uma cadeia de suprimentos complexa, com diversos produtos perecíveis. Normalmente, os empresários desse segmento trabalham a partir do fluxo de caixa, que agora está parado, o que acarretará em grandes prejuízos aos negócios.

O empresário André Trindade da Rocha, sócio do Dublin Live Music, um dos pubs que paralisou as atividades, afirma que o dano ao caixa da empresa pode ser fatal.

“O impacto vai ser gigante, corremos o risco de não voltar”, afirmou à reportagem do Guia. “Mas acredito que se não fizermos isso, com a contaminação seria muito pior. A ideia é diminuir o contato com as pessoas para tentar voltar o mais rápido possível”, conclui André.

0 Comentário

    Deixe um comentário

    Login

    Welcome! Login in to your account

    Remember meLost your password?

    Lost Password