fbpx
breaking news New

Contra coronavírus, Ambev e Brewdog fabricam e doam álcool gel

álcool gel ambev
Álcool em gel é uma das mais demandadas armas contra o Covid-19. Ambev doará 5 mil unidades a hospitais de São Paulo, Rio e Brasília

Com o avanço de casos de contaminação pelo Covid-19 no Brasil, a Ambev anunciou que está produzindo 500 mil unidades de garrafas PET álcool gel para serem doadas a hospitais públicos. Ação semelhante está fazendo a escocesa Brewdog no Reino Unido.

Leia também – Entrevista: Covid-19 derruba faturamento do setor e Abracerva mira apoio federal

O álcool da Ambev virá da planta industrial de Piraí (RJ) , sendo “retirado” da Brahma 0.0 e de outras etapas do processo cervejeiro. E o produto em geral será doado a hospitais públicos das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, as capitais que concentram o maior número de casos da doença. A empresa vai fazer a logística para a entrega de 5 mil unidades para cada hospital público desses municípios.

Uma das principais “armas” no combate ao novo coronavírus, o álcool em gel teve sua demanda aumentada bruscamente nas últimas semanas, o que levou à escassez do produto no comércio e ao aumento do preço nas farmácias e supermercados.

Segundo a Ambev, um dos motivos que está dificultando a reposição do produto atualmente é a falta de embalagens. Por isso, vai envasar nas mesmas garrafas pet que usa para seus produtos (como refrigerantes e águas).

Gel punk
Já a escocesa Brewdog começou a produzir álcool gel na sua fábrica de Aberdeenshire. A proposta da companhia também é de fazer doações do que está chamando de “punk sanitizer” – batizado em referência à sua Punk IPA – para instituições de caridade na Escócia.

“Estamos determinados a fazer tudo o que estiver a nosso alcance para ajudar a manter o maior número possível de pessoas em segurança”, afirmou o fundador da marca, James Watt, nas redes sociais.

A companhia britânica afirma estar correndo contra o tempo para ter sua primeira leva de álcool gel pronta na próxima semana.

2 Comentários

  • VANDERLI Manzutti Ferrari Reply

    23 de março de 2020 at 14:41

    Amei essa embalagem, mas logo me pintou uma dúvida… antes peço perdão pela minha ignorância e medo. Essa garrafinha lembra bem a mimi garrafinhas de Coca-Cola. Será que não há perigo de criança e idosos (senil) fazerem confusão com a embalagem, apesar da cor do líquido? A gente ouve tanto para evitar essas semelhanças.
    Mesmo assim, eu quero o preço.

    • Gisele Diniz Reply

      26 de março de 2020 at 12:16

      Mas não será vendido, será doado.

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember meLost your password?

Lost Password