Cervejarias artesanais geraram mais de 1.100 empregos em 2018
Últimos destaques Novo

Cervejarias artesanais geraram mais de 1.100 empregos em 2018

geraram
Artesanais foram responsáveis por 57,36% das vagas criadas pela indústria cervejeira, alcançando um total de 3,6 mil pessoas empregadas

A importância das cervejarias artesanais foi, uma vez mais, comprovada em balanço sobre o setor realizado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Entre janeiro e dezembro de 2018, as marcas com menos de 100 funcionários geraram 1.114 vagas.

Feita pela Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva) com base no balanço do Mapa, conduzido pelos pesquisadores Eduardo Fernando Marcusso e Carlos Vitor Müller, a estimativa aponta que as artesanais geraram 20% mais vagas do que as grandes indústrias, responsáveis por 828 postos.

Assim, das 1942 vagas criadas pela indústria cervejeira em 2018, as artesanais foram responsáveis por 57,36% do total. Número ainda maior do que o registrado no balanço parcial de dezembro, quando essa proporção estava em 54,13%. A associação informa ainda que cervejarias com até 99 funcionários empregam hoje 3,6 mil pessoas no país.

A estatística, aliás, vem confirmar a posição de boa parte do setor – e defendida pelo Guia – de que a redução de impostos sobre microcervejarias é fundamental para acelerar o crescimento do mercado e gerar mais empregos ao país.

Dois dígitos
O balanço realizado pelo Mapa também demonstrou que o setor chegou a 889 cervejarias em 2018, 210 a mais do que em 2017, um crescimento acima dos 30%. Dos 5.570 municípios brasileiros, 479 já possuem pelo menos uma cervejaria registrada.

Com as 6,8 mil concessões de cervejas e chopes, por sua vez, o setor superou o número de registros de outros mercados representativos, como o de polpas de frutas, vinhos e bebidas mistas.

“O aumento significativo na quantidade de cervejarias é um passo fundamental para que o mercado cresça. Com mais opções, rótulos regionais e um trabalho de inclusão de todos os estados brasileiros no universo da cerveja artesanal, acreditamos ser possível ultrapassarmos os 3% do volume de cervejas comercializado nos próximos anos. Hoje, a estimativa é que estejamos próximos aos 2%”, comenta Carlo Lapolli, presidente da Abracerva.


0 Comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password