MG confirma segunda morte com sintomas da síndrome nefroneural
Últimos destaques Novo

Caso Backer: MG confirma segunda morte com sintomas da síndrome nefroneural

Secretaria de Saúde de Pompéu, que fica a 170 km de BH, confirmou que uma mulher morreu após consumir Belorizontina

A Secretaria Municipal de Saúde de Pompéu, que fica 170 km a noroeste de Belo Horizonte, confirmou nesta terça-feira que uma mulher morreu em 28 de dezembro na cidade com sintomas da síndrome nefroneural, causada pela substância dietilenoglicol, encontrada na cerveja Belorizontina, da Backer.

Leia também –  Dietilenoglicol é encontrado em terceiro lote de cerveja

“Trata-se de paciente residente no município de Pompéu que esteve em Belo Horizonte a passeio no período do dia 15/12/2019 a 21/12/2019, cuja residência familiar se encontra no bairro Buritis”, informa a nota oficial, assinada por Fernanda Guimarães Cordeiro, secretária Municipal de Saúde.

Publicidade

A nota acrescenta, ainda, que o óbito aconteceu no dia 28 de dezembro e que parentes da vítima relataram que ela consumiu a cerveja Belorizontina nos dias em que esteve na capital do estado.

Já a Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais informou nesta terça-feira que o número de notificações de pacientes com sintomas da síndrome nefroneural subiu para 17, mas que, por enquanto, quatro casos estão confirmados.

Leia também – Mapa determina recolhimento de todos os rótulos da Backer

“Até a data de 14/01/2020 foram notificados 17 casos suspeitos de intoxicação exógena por Dietilenoglicol, desses, 16 são do sexo masculino e um feminino. Quatro casos foram confirmados (um caso evoluiu para óbito) e os 13 restantes continuam sob investigação, uma vez que apresentaram sinais e sintomas com relato de exposição”, diz a nota divulgada pela assessoria de comunicação da secretaria.

Ainda nesta terça, policiais civis e peritos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) estiveram novamente na cervejaria investigando o caso.


0 Comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password