Frente parlamentar vai atuar por pequenas cervejarias no Congresso
Últimos destaques Novo

Frente parlamentar vai atuar por pequenas cervejarias no Congresso

frente parlamentar bebidas
Foco da nova frente deve ser em pautas relativas à tributação, um dos maiores gargalos do setor

A exemplo de outros setores influentes na economia brasileira, a indústria de bebidas agora tem sua “bancada” no Congresso Nacional. Na última quarta-feira, a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Indústria Brasileira de Bebidas deu início à sua atuação na atual legislatura em defesa dos interesses do segmento.

Presidida pelo deputado federal Fausto Pinato, do PP de São Paulo, (veja aqui quem são os integrantes), a frente atuará pela melhora do ambiente de negócios no país para micro e pequenas indústrias de refrigerantes e cervejas. Sua criação aparece como resposta à força política de grandes grupos industriais, buscando uma situação de mínimo equilíbrio entre os players do mercado.

As principais questões a serem abordadas pela frente estão no campo da tributação. A queda de braço entre pequenas e grandes companhias produtoras de bebidas acerca do Imposto sobre Produtos Industrializado (IPI) é uma delas.

De um lado, as pequenas indústrias defendem que a alíquota do imposto fique em 4%, o que diminui sensivelmente seus custos. Enquanto isso, do outro, grandes fabricantes sediados na Zona Franca de Manaus defendem uma alíquota maior. Isso acontece pois a isenção de IPI para as indústrias da Zona Franca gera créditos para abatimentos de outros impostos – e com uma taxa mais baixa, as isenções consequentemente também diminuiriam.

Outra cruzada das micro e pequenas empresas do setor no âmbito tributário diz respeito ao ICMS e sua modalidade de substituição tributária, cujo atual desenho é desfavorável às pequenas empresas do setor (leia mais sobre as polêmicas em torno da cobrança do ICMS aqui e aqui).

Uma maior mobilização do setor no âmbito político já era ao mesmo tempo uma demanda e uma expectativa da Abracerva para esse ano. A entidade, que representa as micro e pequenas cervejarias do Brasil, comemorou a criação da frente parlamentar, que seu presidente, Carlo Lapolli, considera um passo significativo para o ganho de competitividade da classe.

“Para nós, é muito importante ter um fórum de diálogo permanente no Congresso Nacional, para que a gente consiga melhorar as condições de negócios das pequenas cervejarias”, aponta Lapolli.

Para Alberto Nascimento, diretor de relações institucionais da Abracerva, a criação da frente parlamentar é um momento histórico. “Nossa missão é defender os interesses das cervejarias independentes de todo o Brasil e criar esse contato com o grupo que irá atuar neste sentido é essencial”, afirma ele.


1 Comentário

  • Joca Reply

    27 de Maio de 2019 at 22:11

    Motivo de sobra para comemoração. Como promotor da ForBeer Feira para Indústria da Cerveja, vejo com bons olhos a iniciativa e a formação da bancada da Bebida. Representatividade necessária para chegarmos até os níveis decisórios das frentes parlamentares. Associações, empresas, comércio reunidos para trazer sustentabilidade ao mercado das artesanais. Joca – Cervejoca – Executivo de Contas ForBeer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password