A final do mundo: Cerveja chega à decisão e amplia presença no futebol latino
Últimos destaques Novo

A final do mundo: Cerveja chega à decisão e amplia presença no futebol latino

final do mundo
Quilmes e Amstel são as duas representantes cervejeiras na final da Libertadores. Outras marcas também patrocinam seleções nacionais

Apelidada pela imprensa argentina de “a final do mundo”, a decisão da Copa Libertadores entre River Plate e Boca Juniors, no Monumental de Núñez, tem sido tratada como o mais importante jogo de uma das maiores rivalidades da história do esporte. Reforça, ainda, um essencial componente que une duas das grandes paixões latinas: a longa relação entre o futebol da América do Sul e o mundo das cervejas.

Principal marca de cervejas da Argentina, a Quilmes retomou em 2017 o patrocínio aos dois gigantes do país. A marca não é estampada nos uniformes de River e Boca, mas o acordo a tornou a cerveja oficial dos clubes e trouxe aos torcedores nostálgicos a lembrança de momentos gloriosos dessas equipes.

Afinal, foi utilizando o logo da Quilmes em seu uniforme que o River Plate conquistou em 1996 o segundo dos seus, até agora, três títulos da Copa Libertadores. Já o Boca Juniors, também com o apoio da cervejaria, venceu o torneio continental em 2000 e 2001, sendo que no primeiro desses anos também faturou o Mundial Interclubes, diante do Real Madrid.

A Quilmes, porém, não se atém a esses dois gigantes de Buenos Aires. Além de apoiar times de outras províncias, inclusive expondo a sua marca na camisa do Quilmes, um dos clubes da sua cidade de origem, a empresa é há anos uma das patrocinadoras oficiais da seleção argentina e também do Campeonato Nacional, tendo adquirido o naming right do torneio.

Outras parcerias
A relação bem-sucedida da Quilmes com clubes, seleção e torneios argentinos é só o caso mais conhecido dos laços entrelaçados entre marcas de cerveja e o futebol sul-americano, que em algumas situações foi fomentado e até sustentado pelos recursos financeiros da indústria. Praticamente todas as seleções nacionais possuem uma cerveja entre seus patrocinadores, embora muitas marcas tenham deixado de apoiar clubes em anos recentes.

Na Bolívia, a seleção nacional tem a cerveja Cordillera como uma das patrocinadoras, enquanto o The Strongest, um dos mais tradicionais clubes do país, estampa em sua camisa a marca da bebida sem álcool da Paceña, um acordo semelhante ao que o Corinthians possui no Brasil com a espanhola Estrella Galicia.

Já a Pilsener, embora em 2018 tenha deixado de expor sua marca na camisa dos tradicionais Emelec e Barcelona de Guayaquil, ainda se faz presente no futebol equatoriano ao apoiar a seleção nacional, assim como acontece na Colômbia, de James Rodríguez e Falcao García, que tem o patrocínio da Aguila, cerveja que também expõe sua marca no uniforme do Junior Barranquilla.

A situação se repete no Peru, onde a Cristal apoia a seleção nacional e o Sporting Cristal. De mesmo nome, a Cristal chilena também está ao lado da equipe nacional do seu país, enquanto no Paraguai, Uruguai e Venezuela a participação de marcas de cerveja no futebol ainda é restrita.

As indústrias cervejeiras, evidentemente, também voltaram suas atenções para as competições continentais. É o caso da própria “final do mundo” entre River Plate e Boca Juniors, que traz a exposição da Amstel, patrocinadora oficial da Copa Libertadores desde 2017 – o acordo é válido por quatro anos. A marca, do mesmo grupo da Heineken, mas considerada mais popular, apoia o torneio como uma das ações para conquistar mercado na América Latina.

Assim, seja com Amstel, Quilmes, Pilsener, Cristal ou qualquer outra marca, a final da Libertadores, a maior de seus 58 anos de história, tem a cerveja como coadjuvante em uma decisão a ser acompanhada muito além das arquibancadas do estádio do River Plate e que envolve não apenas dois clubes argentinos, mas a América do Sul, representada por jogadores uruguaios e colombianos. E, claro, por toda essa história de simbiose que une o principal esporte e a principal bebida do continente.


0 Comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password