Caso Backer: Morre mais uma pessoa com síndrome nefroneural em BH
Últimos destaques Novo

Caso Backer: Morre mais uma pessoa com síndrome nefroneural em BH

Homem de 76 anos estava internado em um hospital de Belo Horizonte, com sintomas da síndrome nefroneural

A Polícia Civil de Minas Gerais confirmou nesta quarta-feira a morte de um homem de 76 anos que estava internado em um hospital de Belo Horizonte com sintomas da síndrome nefroneural. É o segundo caso confirmado com a mesma causa de morte em MG. Uma terceira morte na cidade de Pompéu foi notificada, mas ainda está sendo investigada.

A síndrome nefroneural provoca dores abdominais, náuseas, vômitos, insuficiência renal e problemas neurológicos, como perda de visão e paralisia facial.

A Polícia Civil de Minas Gerais e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) estão investigando a ligação da síndrome com a contaminação da cerveja Belorizontina e da Capixaba, da Backer, depois que 17 pessoas que apresentaram os sintomas consumiram a bebida no mesmo bairro de Belo Horizonte.

Publicidade

Até o momento, foram encontradas as substâncias monoetilenoglicol e dietilenoglicol no sangue de 11 pessoas, em sete lotes diferentes da Backer, nos tanques de fermentação da cervejaria e na água usada para a produção das cervejas. A cervejaria se manifestou e pediu que a Belorizontina não seja consumida, independentemente do lote.

No mesmo hospital onde faleceu a segunda vítima, há um homem internado em estado muito grave, que também consumiu a cerveja Belorizontina.

Leia também – Mapa identifica água contaminada e cogita hipótese de sabotagem

Ainda nesta quarta-feira, a Polícia Civil informou que subiu para 18 o número de casos da síndrome investigados em Minas Gerais. Uma nova notificação chegou da cidade de Itaúna, na região central do estado.

Trata-se de uma mulher de 23 anos, que foi internada apresentando os sintomas da síndrome e levou ao hospital uma garrafa vazia da cerveja Belorizontina que disse ter consumido.


0 Comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password