Dicas de estilos de cerveja, receitas e harmonização para a ceia de Natal
Últimos destaques Novo

Dicas de estilos de cerveja, receitas e harmonizações para a ceia de Natal

Tradicional jantar natalino pode resultar em novas experiências se for combinado com o estilo de cerveja ideal

Há coisas que só acontecem em uma noite de véspera de Natal: fazer um amigo secreto onde você dá um presente excelente e recebe meias em troca, ouvir piadas daquele concunhado brincalhão e assistir Roberto Carlos na televisão. Mas, além dessas experiências típicas, a data também é marcada por uma experiência gastronômica característica: a ceia de Natal.

Esse é aquele momento especial de comer pratos que você nunca come durante o ano, como peru assado, arroz com passas e tender bolinha. Mas há, também, famílias que gostam de novidades, fazendo releituras de clássicos natalinos ou até mesmo inovando totalmente.

Fato é que a experiência gastronômica natalina pode ser enriquecida com a harmonização dos pratos com cervejas – pode ser com diferentes estilos para cada prato ou mesmo com um único para toda a noite. Por isso o Guia preparou algumas dicas de quais são os estilos de cervejas mais indicados para degustar na noite feliz. Confira.

Leia também: 5 estilos de cervejas para o verão brasileiro

Para ceias tradicionais
O sommelier de cervejas Rodrigo Sena, especializado em harmonizações, diz que as ceias de Natal mais tradicionais possuem pratos com sabores muito variados, como agridoce, e isso deve ser observado na hora de escolher a cerveja. A dica é encontrar estilos que conversem bem com frutas secas e nozes, além de proteínas como peru, frango e porco, acompanhados de molhos de frutas ácidos e doces.

Tudo isso influencia na harmonização e, assim, Rodrigo sugere estilos mais maltados e alcoólicos, como Barley Wine e Bock. “A Barley Wine é uma cerveja tradicionalmente inglesa, mas que possui também uma versão norte-americana, com uma grande carga de maltes, que resulta em uma cerveja doce, frutada e mais alcoólica”, explica o sommelier.

“Já a Bock é um estilo alemão, com uma variedade incrível de sabores do malte, que também traz um dulçor frutado, só que mais limpo por ser Lager”, acrescenta Rodrigo. “Outros estilos como Red Ale ou Helles também podem ser boas pedidas para a ceia toda.”

Para aqueles que querem criar um menu com diferentes estilos de cervejas, Rodrigo criou uma ceia básica e tradicional harmonizada com cervejas. “Pensei nas ceias que eu participo há décadas e em estilos de cervejas fáceis de serem encontrados para não dificultar as harmonizações”, conta.

De entrada, o sommelier sugere brusquetas tradicionais, que são feitas com pão italiano, tomates picados, manjericão e orégano, com a opção de colocar um queijo bem leve, como mussarela de búfala.

“As brusquetas irão harmonizar muito bem com uma boa Premium Lager, pode até ser alguma mainstream, mas que seja puro malte de verdade. É até bom para abrir o paladar enquanto a galera bate papo”, recomenda Rodrigo.  

Os pratos principais bem tradicionais, como peru, pernil e tender bolinha, podem ser acompanhados de arroz com passas, salpicão de frango, molho de abacaxi e farofa com bacon e frutas secas. Pensando nesse cardápio, o sommelier sugere o estilo Belgian Blond Ale.

“Na cerveja encontraremos características marcantes do malte que irão conversar diretamente com o agridoce dos pratos. Além disso, a Blond Ale tem notas condimentadas da fermentação que irão complementar a variedade de sabores dos pratos, e uma boa carbonatação para ajudar a limpar o paladar a cada gole”, sugere Rodrigo.

E, para a sobremesa, nada mais tradicional no Natal do que a rabanada, feita com fatias de pão mergulhadas em leite, leite condensado e ovos, que são fritas em óleo quente. Para finalizar, açúcar e canela por cima de tudo.

“Com a rabanada eu penso que não dá muito para fugir das cervejas escuras com maltes torrados, como Porter, Stout, Dunkel ou Schwarzbier. Essas cervejas possuem notas de café, caramelo e chocolate, que irão promover uma complementação marcante com as rabanadas”, diz Rodrigo.

Publicidade

Para ceias inovadoras
Na cidade de Uberlândia, em Minas Gerais, o restaurante Cervisia Gastrobier promoveu nesta semana uma experiência especial a seus clientes: uma ceia de Natal harmonizada com cervejas.

Só que a ceia de Natal por lá foi bem inovadora, criada pelo competente chef e sommelier Iuri Mendonça, proprietário da casa. Foram uma entrada, dois pratos principais e uma sobremesa, cada um harmonizando com um estilo diferente. “Pensamos em cada detalhe das características dos pratos para harmonizar com as cervejas e criar uma experiência única aos clientes”, relata Iuri.

Os “presentinhos” de queijo coalho com mel

De entrada ele serviu “presentinhos” de queijo coalho com mel acompanhados de uma Pilsen Tcheca, a Zlata Praha. “O mel junto com os maltes da cerveja criaram um novo sabor, valorizando o queijo”, detalha.

O primeiro prato principal foi um peru, mas feito em ragu com polenta. Para acompanhar foi escolhida uma Weizenbier, receita de cerveja de trigo tradicional da Baviera. “Buscamos aqui uma harmonização bem equilibrada, que não ofenda a proteína”, ressalta o chef.

Ragu de peru com polenta

O segundo prato principal foi o pernil de cordeiro com geleia de hortelã, acompanhado de farofa de frutas cristalizadas com amêndoas. Como a receita possui mais potência e variedade de sabores, o chef buscou uma cerveja mais forte, condimentada e bem carbonatada: a Duvel, uma tradicional Strong Golden Ale. “A ideia é trazer bastante complementação da cerveja para o prato”, afirma Iuri.

E, para a sobremesa, o chef serviu um strogonoff de nozes harmonizando com uma cerveja Porter da Koala, que leva chocolate e coco na receita. “Com isso despertamos sabores muito inusitados entre o dulçor da cerveja e do prato, criando sensações como doce de leite com tosta de chocolate”, complementa Iuri.

Ceia de Natal Tradicional – Dicas do sommelier Rodrigo Sena
Entrada: Brusquetas com Premium Lager
Pratos Principais: Peru assado e tender bolinha acompanhados de arroz com passas, molho de abacaxi, farofa com bacon, ameixa seca e damasco, com Belgian Blond Ale
Sobremesa: Rabanadas com Porter, Stout, Dunkel ou Schwarzbier

Ceia Inovadora do Cervisia – Cardápio do chef Iuri Mendonça
Entrada: “Presentinhos” de queijo coalho com mel com Bohemian Pilsner
Prato Principal 1: Ragu de peru com polenta com Weizenbier
Prato Principal 2: Pernil de cordeiro com geleia de hortelã, acompanhando de farofa de frutas cristalizadas com amêndoas, com Belgian Strong Golden Ale
Sobremesa: Strogonoff de nozes com Porter


0 Comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password